sábado, 29 de junho de 2013

Facebook

Podem seguir-me no Facebook, aqui.

500

Eis o número de "assessores", ou conselheiros, do pobre reformado de Belém. Não sei para que são necessários tantos, já que se limita a assinar de cruz o que o governo lhe manda e a ler o guião que lhe enviam do Terreiro do Paço.

'Back to basics', segundo Isabel Jonet



Ser-se pobre é bom. Vive-se melhor sem comida e sem dignidade, aliás. Sobre os ricos, os tais 1% da população mundial, que são cada vez mais ricos e à conta de falcatruas e da pobreza dos restantes 99%, nem uma única palavra. Sobre a imoralidade dos banqueiros que se riem de roubar aos pobres, nada. Simplesmente nada. A moral é só para quando dá jeito. Agora já não há dúvidas sobre a ideologia desta senhora e sobre o que tem dentro daquela cabeça.

quinta-feira, 20 de junho de 2013

Duas Justiças

É o meu artigo desta semana para o Local, sobre a imagem da Justiça e o direito à greve.

sexta-feira, 14 de junho de 2013

terça-feira, 11 de junho de 2013